Mais dez empresas serão beneficiadas pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte (Proadi), concedido pelo Governo do Estado para promover a geração de emprego e renda, com a atração de novos investimentos e o direcionamento das atividades empresariais para o interior. A governadora Wilma de Faria vai assinar as novas concessões na manhã desta quarta-feira, em Mossoró, em solenidade na Associação Comercial e Industrial da cidade.

A expectativa é de que sejam gerados 1.000 empregos diretos e 3.500 indiretos, com investimento estimado em R$ 101,1 milhões na implantação ou ampliação destes empreendimentos. Das dez empresas ora contempladas com o Proadi, quatro estão estabelecidas ou em fase de implantação em Mossoró: a Salutaris Ind. Cosmética Ltda (nova), Química Industrial Itamil Ltda (nova), Eletromesa Ind. E Com. Serviços Ltda (ampliação) e Mineração Ouro Branco Ltda (prorrogção). Com o benefício, estas empresas irão gerar mais 334 empregos, investindo cerca de R$ 20 milhões para abrir ou ampliar seus negócios.

As demais beneficiadas são da região do Seridó e região Metropolitana de Natal: Nectarvis Processamento de Frutas (nova), Cachaça Samanaú (nova), Vidres América (Nova), Nippon Comércio e Indústria (nova), Armil Mineração (prorrogação) e Plastimil Ltda (prorrogação). São empresas que atuam em diversos segmentos econômicos, tais como mineral, alimentos e bebidas plásticos cosméticos informática e eletromecânica.

Entre 2003 e 2009, o Governo Wilma de Faria já beneficiou 144 empresas com a concessão do Proadi, contribuindo para gerar, neste período, quase 21.500 empregos diretos e 60.000 indiretos. O valor do investimento privado, a partir deste benefício concedido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), foi de R$ 920 milhões.

"Mossoró e a região Oeste, na gestão de Wilma de Faria, já foram contemplados com 30 projetos aprovados pelo Proadi, viabilizando novas instalações, ampliações e recuperação de empresas", contabiliza o secretário de Desenvolvimento Econômico, Segundo de Paula. Segundo ele, estas empresas foram responsáveis pela abertura de 3.150 novos empregos e captação de R$ 166,4 milhões de investimentos

O Proadi tem como objetivo a geração de emprego e renda para famílias no Rio Grande do Norte, com prioridade para a interiorização, por meio do incentivo às indústrias de transformação, com redução de até 75% da apuração do ICMS.

Visita a Itamil - Uma das empresas beneficiadas pelo Proadi em Mossoró será visitada na tarde de terça-feira (12) pela governadora Wilma de Faria. A Itamil, indústria do setor mineral que atua na fabricação de carbonato de cálcio precipitado, vai gerar, na região Oeste, 214 novos empregos diretos a partir do próximo semestre, quando deverá entrar em operação.

A empresa é a primeira do Nordeste nesta atividade econômica, destacando o Rio Grande do Norte com um produto diferenciado para o Brasil. O diferencial da Itamil será a alta tecnologia que será utilizada pela empresa, garantindo sua presença entre as principais do país no segmento. Com larga utilização, o carbonato de cálcio precipitado fabricado pela empresa deverá atender o mercado interno das indústrias farmacêuticas, de cosméticos, química em geral, mas tendo como maior cliente a indústria de papel.


RNIMOVEIS
OI - 84-98947-1265 TIM - 84-99655-7141 CLARO - 84-99405-8484

Notícias