Diretores da empresa cearense de mineração Itamil apresentaram nesta quarta-feira (18) detalhes da instalação da indústria em Mossoró. Eles foram recebidos pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, José Rufino Júnior. A Itamil trabalha com produção de carbonato de cálcio precipitado, matéria-prima para utilização em cosméticos, creme dental e tintas. A empresa deverá entrar em funcionamento em maio desse ano com investimentos de R$ 14 milhões.

Na reunião, José Rufino Júnior apresentou os incentivos fiscais de apoio à indústria concedidos pelo Governo do Estado, como o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial - Proadi e o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial pelo Incentivo do Gás Natural - Progás.

O secretário comentou a importância da instalação da empresa no Rio Grande do Norte. "Num momento de crise, o Governo do Estado recebe mais uma empresa que tem investido no setor mineral do Estado, com capacidade de geração de emprego e renda para a região. Esse é mais um resultado do esforço da governadora Wilma de Faria na atração de investimentos para o Estado através da oferta de incentivos fiscais e financeiros", declara o secretário.

O diretor geral da empresa, Marcelo Quinderé afirmou que a indústria será pioneira na fabricação do calcário na região. "Seremos a primeira empresa a fabricar carbonato de cálcio precipitado no Nordeste", frisa o diretor.

O surgimento do interesse na instalação de uma fábrica Itamil no Rio Grande do Norte foi motivada pela desativação de uma antiga empresa, com sede já estruturada para produção de cal, matéria-prima para fabricação do carbonato. "Encontramos no Rio Grande do Norte uma oportunidade de ampliação dos nossos negócios, com uma estrutura de fábrica já montada, matéria-prima disponível e localização favorável", afirma Marcelo Quinderé.

A indústria será composta em duas unidades: uma de extração de calcário em Baraúnas e uma de refino no distrito industrial de Mossoró, região oeste do estado. Inicialmente, a empresa irá trabalhar em uma linha de produção, com geração de 100 empregos diretos, sendo ampliada na terceira fase para 250 funcionários.

O grupo Itamil, que tem mais de 80 anos no mercado com fábrica no Ceará e no Espírito Santo, irá investir em inovação tecnológica através da construção de um dos mais modernos laboratórios de microbiologia para controle de qualidade dos produtos. A previsão de faturamento anual da empresa é de R$ 60 milhões.


RNIMOVEIS
OI - 84-98947-1265 TIM - 84-99655-7141 CLARO - 84-99405-8484

Notícias