O Rio Grande do Norte está de fato, na disputa para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014, que agora deverá ser no Brasil. Na última sexta-feira (13), a própria Confederação Brasileira de Futebol anunciou para a imprensa nacional que o Estado está entre os que largam na frente. O potencial turístico e a completa infra-estrutura hoteleira são os principais argumentos a nosso favor.

Na última segunda-feira (9), a governadora Wilma de Faria recebeu do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, o Questionário de Informações para a Copa de 2014. O formulário que credencia o Rio Grande do Norte a ser uma das possíveis sedes do maior evento esportivo do mundo, inclui questões previstas no chamado “Caderno de Encargos” da Fifa, responsável pela organização do evento, como estrutura de estádios, condições naturais e meteorológicas, planos de proteção ao meio ambiente, e infra-estruturas de transporte, saúde e segurança. O Questionário deve ser respondido integralmente até o dia 31 de maio.

“Um evento como esse trará muitos benefícios para o desenvolvimento do nosso turismo. A Copa do Mundo talvez seja o evento esportivo mais divulgado no mundo. Vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que o nosso Estado seja uma das sedes dessa competição”, explica a governadora.

Como no próximo dia 26, a CBF vai reunir os representantes dos Estados candidatos, a intenção da governadora é trazer o presidente da entidade ao Rio Grande do Norte ainda nesse mês de abril. Já existe inclusive um acerto prévio entre ambos para que isto aconteça dentro dessa previsão. Aqui no Nordeste, Parnambuco, Bahia e Ceará também estão na briga.


RNIMOVEIS
OI - 84-98947-1265 TIM - 84-99655-7141 CLARO - 84-99405-8484

Notícias