Um evento coalhado de autoridades (entre elas os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e do Banco do Nordeste, Roberto Smith) e um almoço para a imprensa, no Hotel Ocean Palace deverá marcar, na próxima sexta-feira, o lançamento oficial do Natal Norte Shopping, que o Grupo Ecocil pretende erguer numa área de 60 mil metros quadrados às margens da avenida João Medeiros Filho (Estrada da Redinha), na entrada do Conjunto Soledade.

O investimento é de cerca de R$ 20 milhões será feito com financiamento do Banco do Nordeste. A previsão é que o empreendimento esteja pronto em 18 meses.

Embora não esteja lançando o projeto como queriam (ele pretendiam anunciar pelo menos duas lojas-âncoras), os diretores da Ecocil, Hênio e Silvio Bezerra, já anunciam na sexta-feira uma parceria de peso: o hipermercados Carrefour será a principal âncora do empreendimento, erguendo uma loja de 5 mil metros quadrados de área e que vai rivalizar diretamente com a unidade que o Grupo Nordestão mantém a pouco mais de quinhentos metros de distância da área onde ficará o shopping.

O projeto que será finalmente lançado agora vem sendo gestado pelo Grupo Ecocil (que já é sócio do Natal Shopping Center) desde 2000. O Grupo embasou todo o mix que está sendo projetado para o novo shopping em pesquisas qualitativas feitas junto ao público da Zona Norte. Os detalhes só serão divulgados na sexta-feira, mas uma fonte ligada à execução do projeto garante ontem que os resultados da pesquisa, principalmente no quesito potencial de consumo.

Além do Carrefour, outro grande atrativo do Natal Norte Shopping deverá ser a parte de lazer. A praça de alimentação deverá ter cerca de 23 lojas, com 900 lugares nas mesas. A ancoragem da praça será feita por uma bateria de pelo menos quatro salas de cinema (podendo vir a ser cinco). Seriam os primeiros cinemas da Zona Norte de Natal e, provavelmente, operados pelo Grupo Severiano Ribeiro.

O novo shopping terá uma área construída de 25 mil metros quadrados, sendo cerca de 18 mil metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL). Para efeito de comparação, o Natal Shopping Center tem 42 mil metros quadrados de área construída e 14,5 mil metros quadrados de ABL.

A construção do Natal Norte Shopping é mais um movimento no intrincado tabuleiro de xadrez em que se transformou o mercado de shopping centers de Natal, que até um ano atrás era dominado basicamente por três empreendimentos (Natal Shopping, Praia Shopping e Via Direta) e que, de lá para cá, ganhou duas novas unidades (Midway Mall e Orla Sul), ávidas por conquistar uma fatia do rentável mercado varejista natalense.


Fonte : Diário de Natal


RNIMOVEIS
OI - 84-98947-1265 TIM - 84-99655-7141 CLARO - 84-99405-8484

Notícias