Washington - As vendas de imóveis novos para uma única família dispararam 11% em junho nos Estados Unidos em comparação ao mês anterior, muito acima dos 2,3% esperados pelos especialistas, informou nesta segunda-feira, 27, o Departamento do Comércio americano. O aumento para 384 mil unidades foi estabelecido com o reajuste sazonal, sendo que a média inicialmente prevista era de 350 mil unidades.

A alta foi a sexta em seis meses e o volume médio de vendas em junho, de 384 mil unidades, o mais elevado desde novembro, quando a média estava em 390 mil.

O Departamento do Comércio revisou o dado de vendas de imóveis novos em maio para alta de 2,4%, à média anual de 346 mil unidades. Anteriormente, havia informado queda de 0,6% para 342 mil unidades. Em comparação a junho do ano passado, as vendas de imóveis novos caíram 21,3%.

O preço médio dos imóveis novos caiu 12% em junho para US$ 206,2 mil em comparação a junho do ano passado. Em comparação a maio, os preços também recuaram de US$ 219 mil. A queda nos preços reflete o excesso de oferta. A média de imóveis novos disponíveis para a venda em junho era de 8,8, inferior entretanto à média de 10,2 em maio. Ao final de junho, havia cerca de 281 mil residências disponíveis para a venda; em maio, 293 mil.

As informações são da Dow Jones.

RNIMOVEIS
OI - 84-98947-1265 TIM - 84-99655-7141 CLARO - 84-99405-8484

Notícias