O Rio Grande do Norte poderá dispor de um dos mais arrojados projetos de moradia, lazer, trabalho, tecnologia, com qualidade de vida. Trata-se do projeto Cidade Tecnológica de Natal, a ser construída numa área de 556 hectares no município de Nísia Floresta, região Agreste do Estado. Detalhes do projeto foram apresentados por empresários espanhóis dos grupos Euro Brazil Invest e Brazil Land Investiments, com sede em Málaga, província da Andaluzia, no sul de Espanha, na manhã desta sexta-feira (24) à governadora Wilma de Faria, a quem pediram apoio para agilidade dos trâmites burocráticos.

Wilma de Faria determinou a imediata formação de um grupo de trabalho, com participação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e Idema, para um cronograma de trabalho. "é um projeto ambicioso, arrojado, e o Governo do Estado está disposto a colaborar com mais um grande empreendimento em terras potiguares", disse a governadora.

Os diretores Luis Pisano Calderón, da Brazil Land Investiments, e Conrad Moonen, da Euro Brazil Invest, aproveitaram a audiência com a governadora para convidá-la a fazer uma visita a projeto semelhante em Málaga.

O conceito do projeto Cidade Tecnológica de Natal é reunir num mesmo espaço residências, SPA, hospitais, resorts, comércio, serviços, escolas de formação e parques tecnológicos e ambientais. Segundo Luis Pisano Calderón, o potencial energético do Estado, localização estratégica, a legislação de incentivos fiscais e qualidade de vida foram alguns dos critérios que levaram o grupo a escolher o Rio Grande do Norte para a construção do projeto.

No Estado, o grupo tem avançado nas negociações, além de ter adquirido o terreno, já iniciou, entendimentos com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, para fins de estudos dentro do conceito do projeto, e deu entrada, no âmbito do Idema, no pedido de licença prévia ambiental.


RNIMOVEIS
OI - 84-99655-7141 WhatsApp - 84-98737-9062

Notícias