O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade do Natal, calculado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), através da Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos (Ceses), registrou para o mês de setembro de 2006 uma variação positiva de 0,34% em relação ao mês anterior. Com este resultado a variação acumulada no ano ficou em 1,67%; nos últimos 12 meses (setembro de 2005 a setembro de 2006) atingiu 3,60%; e 182,17% desde o início do Plano Real. 

O grupo "alimentação", que responde por 46% do índice geral em termos de participação no orçamento familiar, apresentou uma variação positiva de 0,18% em relação ao mês anterior. Os itens que contribuíram para esse aumento do índice foram: carne suína (6,80%), ovos (6,39%), carne em conserva (6,26%), frutas (5,54%) e milho (4,75%).

O grupo "despesas pessoais" apresentou neste período uma variação positiva de 1,51% em função do aumento de preços nos seguintes itens: refeição, fumo e bebida fora do domicílio (2,43%). Higiene e beleza (2,57%) e serviços pessoais (1,80%).

O grupo "transportes" teve uma variação positiva de 1,51%. Os itens que mais contribuíram para este aumento foram: combustíveis, lubrificantes, e estacionamento (2,98%) e reparos e conservação em geral(0,79%).

Cesta Básica

O custo da Cesta Básica em Natal, em setembro de 2006, calculado pelo Idema, através da Coordenadoria de Estudos Socioeconômicos, teve uma variação negativa de 3,79% em relação ao mês anterior.

Nas despesas com os produtos essenciais, o custo com a alimentação por pessoa foi de R$ 139,71. Para uma família constituída por quatro pessoas, esse valor alcançou R$ 558,84. Se a essa quantia fossem adicionados os gastos com vestuário, despesas pessoais, transportes, o dispêndio total seria de R$ 1.206,85.

Dos 13 produtos que compõem a cesta básica, 11 tiveram variação negativa: feijão (-12,20%), frutas (-11,04%), tubérculos (-7,42%) café (-5,49%), farinha (-3,85%), óleo (-3,41), pão (-2,52), leite (-1,76%), arroz (-1,54%) carne de boi (-1,54%) e legumes (-0,69%). As variações positivas ocorrem em: margarina(2,78%) e açúcar (0,53%). 


RNIMOVEIS
OI - 84-98947-1265 TIM - 84-99655-7141 CLARO - 84-99405-8484

Notícias